Viagens e condições crônicas. Como evitar imprevistos!



Se você está arrumando as malas para um feriado prolongado, viagem de férias, ou por algum motivo vai passar um tempo fora de casa e tem filhos com alguma condição crônica (Epilepsia, Transtorno do espectro autista, síndrome genética, doença rara ...), preste atenção nestas informações que podem te ajudar:


1) Tenha em mãos um laudo atualizado. Ele será importante para o melhor entendimento da equipe de saúde que poderá prestar o atendimento. Algumas condições têm prioridade no atendimento ou tem particularidades que não são do conhecimento geral, mesmo entre médicos (medicamentos que devem ser evitados, exames específicos que podem ser necessários...)


2) Leve a receita mais atualizada dos medicamentos de uso contínuo.


3) Não leve apenas a quantidade exata de medicamentos para os dias que estiver fora. Acidentes acontecem (um frasco pode cair, uma caixa pode ser extraviada) e algumas condições não podem ter falha em seu tratamento.


4) Respeite ao máximo os horários de alimentação e sono das crianças. Temos algumas condições em que a quebra das rotinas ou tempo prolongado sem alimentação ou sono irregular podem piorar estes quadros.


5) Tenha a localização do atendimento de urgência (UPA e/ou Pronto atendimento do convênio) mais próximo ao seu local de estadia. Se houver urgência, vocês estarão orientados e otimizarão o tempo. Em alguns casos, tempo é vida.


Com estes cuidados, sua viagem poderá ser mais tranquila, mesmo diante de possíveis adversidades. E o mais importante!


6) Aproveite os momentos com seus filhos, criem boas lembranças, construam histórias e memórias e lembre-se que amor não foi feito pra ficar guardado. Compartilhe!



Autor: Dr. Marino Miloca Rodrigues, Neuropediatra, e faz parte da parceria do projeto Padrinho Med desenvolvido pela Dra Flávia Ju.


Para mais informações sobre a autora clique na imagem ao lado.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo