• Benaia Silva

Cuidados no dia a dia para pais e cuidadores de crianças com epilepsia



Para comemorar o 26 de março, Purple Day (Dia Roxo), resolvemos fazer esse post em apoio a todas as famílias que precisam conviver com os desafios da epilepsia.



· SEMPRE ter a presença de um adulto em atividades como banho de mar e piscina


· Evitar banho de banheira sem a presença de um adulto


· Evitar locais altos


· Evitar dietas restritivas, procurar manter alimentação saudável


· Evitar estímulos luminosos em excesso (como boates ou discotecas e similares)


· Evitar privação de sono (evitar ficar muito tempo sem dormir)


· Evitar estresse é importante


· Fazer uso regular da medicação prescrita, mantendo sempre que possível as doses nos mesmos horários


. Em viagens de ônibus ou avião procure sentar no corredor para facilitar o atendimento em caso de crises epilépticas


· Caso esqueça de administrar uma dose da medicação dê a medicação assim que lembrar e após dar no próximo horário que seria administrada. Caso esqueça e só lembre próximo do horário da próxima dose adiantar a dose que seria dada e após dar normalmente a dose seguinte. (Exemplo 1: meu filho utiliza medicação as 8 horas e 20 horas, esqueci de dar a medicação e lembrei ao meio dia, darei a medicação meio dia e novamente as 20 horas. Exemplo 2: meu filho utiliza medicação as 8 e as 20 horas, esqueci de dar a medicação as 8 horas e só lembrei as 18 horas, darei a medicação as 18 horas e novamente as 8 da manhã)


· Sempre que possível utilize despertadores nos horários de administrar a medicação


· Sempre leve a medicação aos locais que frequentar


· Agende consulta médica com antecedência para pegar receita e evite que falte medicamento. Lembre – se que todos os anticonvulsivantes são vendidos ou fornecidos pelo SUS apenas com receita médica


· Não altere dose ou medicação sem orientação médica


· Caso seu filho tenha várias crises, mesmo que de curta duração, em um dia leve – o ao pronto socorro mais próximo


· Sugestões de horários de medicação:


- Medicações prescritas de 12 em 12 horas: 8 e 20 horas, caso frequente escola 6 e 18 horas ou 7 e 19 horas

- Medicações prescritas de 8 em 8 horas: 6 horas, 14 horas e 22 horas ou 7 horas, 15 horas e 23 horas

- Medicações prescritas de 6 em 6 horas: 6 horas, 12 horas, 18 horas e meia noite



REFERÊNCIAS

https://www.ufrgs.br/telessauders/documentos/telecondutas/tc_epilepsia.pdf

https://wp.ufpel.edu.br/pediatria/files/2010/08/cap¡tulo_livro_epilepsia_Luiza.pdf

http://conitec.gov.br/images/Consultas/Relatorios/2019/Relatorio_PCDT_Epilepsia_CP13_2019.pdf

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/avaliacao_conduta_epilepsia_atencao_basica.pdf

https://pebmed.com.br/manejo-da-crise-convulsiva-sera-que-voce-esta-conduzindo-corretamente/

34 visualizações

©2019 por Pequenos Neurônios. Orgulhosamente criado com Wix.com